Feminismo

O feminismo é um dos assuntos mais polêmicos que eu conheço, é, também, um dos assuntos mais mal defendidos e distorcidos de que já ouvi falar.

Engana-se quem pensa que o feminismo é algum tipo de capricho, uma desculpa esfarrapada para que mulheres tenham algo a dizer e não fiquem entediadas no conforto de seus lares.

Feminismo é algo necessário, é o modo de mulheres defenderem a si mesmas de tudo o mal que muitos homens e, infelizmente, muitas mulheres fizeram e fazem a elas.

No princípio dos tempos homens e mulheres era iguais, eram parceiros na luta diária pela sobrevivência, mas conforme a sociedade foi desenvolvendo-se ela foi sendo subjugada, recriminada, feita de capacho, de bode expiatório.

Houve um tempo em que mulheres eram caçadas por terem conhecimentos avançados sobre fauna e flora, foram chamadas de bruxas, de enviadas do diabo, foram espancadas, apedrejadas, estupradas, sendo que muitas eram curandeiras, ajudavam a curar feridas, febres, dores.

A religião, como um todo, puniu as mulheres por serem mullheres, transformou-as em simples parideiras, mandou-as terem vergonha por serem mulheres, cobriu-as de vergonha de seu sexo, seu corpo, seu prazer, sua vontade, seu cérebro.

As mulheres não são, de forma alguma, inferiores ao homens. Em nada. Mulheres podem ser tão boas quanto homens em matemática, física, química e, para isso, não precisam ser lésbicas ou machorras, como muitos afirmam; mulheres podem trocar lâmpadas, matar baratas, comandar negócios, dirigir bem, podem tudo e muito mais.

Muitas pessoas (aquelas intolerantes e subjugadoras que fazem minha pele se arrepiar de tanto nojo) perguntam que se mulheres podem ser assim tão boas então por quê as maiores e melhores invenções são dos homens.

Meus senhores e minhas senhoras, as mulheres não tiveram chance de fazer essas descobertas, elas não recebiam educação, elas não tinham direito de pensar, elas não tinham chance alguma de inventar algo, porque não sabiam tudo o que era permitido aos homens saber.

E é exatamente para que as mulheres tenham o direito de saber e de fazer que o feminismo existe, não para idolatrar as mulheres, mas para que elas possam ser vistas como parceiras iguais pelos homens e nunca mais como empregadas domésticas parideiras.

Anúncios

One thought on “Feminismo

  1. Realmente deveríamos voltar a nos mostrarmos como somos, com todo nosso potencial e muito além do salto alto. Atualmente o feminismo virou uma piada de mau gosto com toda a distorção e futulidade possibilitada pela Internet e cabeças vazias.
    Admiro a cultura celta, nela a mulher não é uma escrava/parideira, é uma pessoa forte com capacidade de se cuidar sozinha, podendo expandir seus conhecimentos o quanto quiser e incentivada a não aceitar nenhum desaforo de homem algum (na verdade de ninguém).
    Todas deveriam viver pelas próprias regras, não só antigamente.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s