Pai

Aqueles olhos são escuros como os meus, assim como as manias, assim como a impaciência, a cabeça dura, o coração derretido.
Aquele corpo conhece bem o calor do sol, o valor do suor, a importância da família.
Aquelas mãos um pouco ásperas do trabalho me concedem os carinhos mais suaves.
Aqueles braços fortes me envolvem nos abraços mais carinhosos.
Homem algum poderia competir com ele.
Ele é misto de homem comum, homem incrível, homem maravilhoso.
Ele é um herói.
Ele possui bom senso, inteligência, bom coração.
Ele tem um tipo de magia que me faz amá-lo cada vez mais.
Poderia ser exagero, mas – nesse caso – não é.
Ele é único.
Me faz rir e chorar.
Me dá toda a segurança do mundo.
Nunca pede nada em troca.
Chega a ser absurdo, porque eu queria dar o mundo inteiro pra ele – até mais.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s