Vento e Mar

Tal qual o vento ela percorre as ruas sem direção
Se molda como o ar: L I V R E
Sobe ao céu como a fumaça de seu cigarro
Deixando um pouco de si mesma por onde passa
Porém nada lhe falta
Porque ela tem o sorriso fácil de quem vive dançando
Seu corpo é uma obra prima digna de Afrodite
E nenhuma outra pessoa seria tão apta a assumir o lugar desta deusa quanto a minha Lady.
Ela é o epíteto perfeito de si mesma
E eu, pobre força da natureza apaixonada por seus encantos, junto-me a ela para fazermos as ondas que lavam as impurezas do mundo
Nós, vento e mar, personificações do amor e da natureza, obras de Dionísio,
Dançamos mais essa canção como quem nem lembra que há um mundo lá fora
Ah! Que maravilha seria se não tivesse!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s