Imorais

Esta é a Caneta,
Uma trapaceira de primeira
Aliada da sempre elegante Solidão
Que anda pelas ruas sempre em busca
de César, do Breu, da Luz
aquele que é ganancioso como um cão;
aquele que é dissimulado, um deus de dupla face;
aquela que é sedutora
e, mesmo sendo irônica como sua prima, Abelha,
é envolvente como Camila, uma verdadeira Vênus
da manipulação.

texto produzido em Oficina de Criação Literária em proposta do professor Orlando Fonseca

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s