Mundo paralelo

images (1)

Minha tristeza era um mundo de solidão
Cada lágrima era um mar
E nos meus mares nadavam todos os tipos de criaturas
E no meu mundo era sempre noite
E a minha noite era um buraco negro
O tempo ali não era linear
Ele ia e voltava como bem entendia.

Os habitantes do meu mundo se chamavam ilusão
Seu idioma era a angústia
Seu país, a depressão
Todos eles moravam num pequeno ponto à esquerda de tudo
Nesse mundo chamam de coração.

Ali, no meu mundo, todos se alimentavam de abismos
Ninguém sabia o que era ganhar,
Quando duas pessoas jogavam cartas
Ambas perdiam.
Ali nunca ninguém nascia,
Ou vivia.
O meu mundo era feito de cadáveres
De memórias, perturbações e tristezas
Mas aqui nesse mundo
Diziam que o que eu tinha era bobagem.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s